JONES DARK O NEGRÃO SORRISO

Loading...

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

´MATÉRIA : O DIÁRIO DE MARINGÁ.

A festa do Negrão
O apresentador Jones Dark realiza

na próxima sexta a 7ª Festa do Negrão Sorriso;
ex-boia-fria veio para Maringá aos
13 anos e tem programa de TV há sete anos.

Fábio Massalli

massalli@odiariomaringa.com.br



O sorriso largo, o jeito desbocado e a estilo descontraído de Jones Dark de Jesus (esse é o verdadeiro nome dele, nome de batismo de artista, como diz), o Negrão Sorriso, estará ainda mais alegre na próxima sexta-feira. O apresentador de TV vai comandar com suas brincadeiras e irreverência o 7º Bailão do Negrão Sorriso.

O evento comemora os sete anos do Programa Jones Dark, que já passou por diversas emissoras de TV e hoje é exibido pela RTV aos domingos às 15h. A programação será animada e diversificada. Terá o som gaúcho das bandas Bailanta e Estância, o rock do Tigres Virgens e quatro duplas sertanejas: João Viola & Marcos Vinícius, Evandro & Henrique, Tony & Ray e Cesar & Alan.


Superação

Natural de Paraná do Oeste, distrito de Goioerê, Jones Dark veio para Maringá em 1989 aos 13 anos. Seu primeiro emprego foi como entregador de jornal em O Diário. Depois foi vidraceiro, servente de pedreiro, boia-fria, descarregador de caminhão no Ceasa e borracheiro antes de ir para a TV.

“Quando eu era borracheiro, o pessoal perguntava o meu nome e, quando eu dizia, falavam que era nome de artista. Eu quis virar artista. Vendi uma TV e uma bicicleta para pagar o horário na emissora e ia vender o patrocínio. Graças a Deus, consegui e estou com meu programa até hoje, sempre com o mesmo estilo, uma coisa meio sem pé nem cabeça, que conquista a criançada e com o qual o povão se identifica muito”, lembra. “É um programa que mostra a realidade da vida de um povo sofrido. É autêntico”.

O apelido de Negrão Sorriso vem da época em que trabalhava de bóia-fria. Dark diz que, mesmo após tanto tempo na TV, tornando-se figura conhecida em Maringá e região, ainda sofre preconceito. “As pessoas que falam que não existe racismo, é porque estão muito bem empregadas ou têm a vida muito boa”, denuncia. “É algo que existe não apenas por parte dos brancos, mas também dos próprios negros.”

Depois que ficou famoso na TV, Jones Dark conseguiu realizar outro sonho: ser locutor de rodeio. Se antes, apesar do vozeirão e talento, ele nunca conseguiu uma chance, depois do programa passou a ser chamado para garantir o público. Após algum tempo, passou a ser chamado para grandes eventos e hoje tem no currículo rodeios de peso, como os de Barretos e Colorado.

“Apesar do rodeio ser um sonho que virou realidade, eu me sinto mais realizado na TV, pois foi lá que tudo aconteceu. Mas sei que a TV é uma arma engatilhada. Enquanto você está em cima tem um monte de amigos. Se sai, cai como um coco de cima do coqueiro”, diz. Em 2008, Jones Dark concorreu a vereador nas eleições de Maringá pelo Partido Progressista (PP). Fez 2.837 votos e ficou como 1º suplente.


Para fazer a festa
Bailão do Negrão Sorriso
Dia 13 de novembro, às 22h, no Estância Gaúcha.
Ingressos antecipados R$ 7, à venda na rede de farmácias Drogão da XV e no
Estância Gaúcha


http://www.odiariomaringa.com.br

4 comentários:

  1. PARABÉNS PELA LINDA REPORTAGEM!

    ResponderExcluir
  2. BONITO NA FITA NÉ NEGRÃO FAMOSO, PARABÉNS PELAS CONQUISTAS REALIZADAS!

    ResponderExcluir
  3. oieeee, Jones Dark!
    muito sucesso para vc , pq vc tem um coração muito bom!
    beijos uma fã!!!

    ResponderExcluir
  4. NEGRÃO SORRISO, NÃO SE PREOCUPE DE NÃO ENTRAR AGORA COMO VEREADOR, DEUS LHE PREPAROU COISA MUITO MELHOR.
    MARAVILHA DE BLOG!

    BEIJOS
    MARIA ROSA

    ResponderExcluir

DEIXE SEU COMENTÁRIO ELE É MUITO IMPORTANTE!!!
UM GRANDE ABRAÇO DE JONES DARK O NEGRÃO SORRISO!